7 cuidados essenciais na compra de um apartamento na planta

Muitos brasileiros sonham em ter o apartamento próprio. Para quem não tem tanto dinheiro e pode esperar mais tempo até se mudar, comprar um imóvel na planta pode ser a melhor opção.

Entretanto, adquirir um apartamento na planta não tem só benefícios. Além da desvantagem de não poder se mudar nos próximos anos, há alguns riscos — como fraudes, atrasos na obra e promessas não cumpridas.

Não precisa desistir do seu sonho por isso! É possível se proteger desses perigos, basta ter alguns cuidados. Vamos conhecê-los?

1. Organize-se para uma compra em longo prazo

O primeiro cuidado é ter planejamento financeiro. Quando o seu desejo pelo imóvel e os benefícios apresentados pelo corretor falam mais alto, você pode cair na armadilha de uma compra por impulso. Para que isso não afete negativamente o seu orçamento, é preciso cautela e organização.

Lembre-se de que um imóvel na planta é um investimento em longo prazo. Você vai passar muitos anos pagando as prestações, além das taxas periódicas. Isso tudo sem morar no local, ou seja, gastos com a sua atual moradia devem ser considerados nessa conta.

Inclua tudo no seu orçamento e veja se as parcelas cabem no seu bolso e se você tem a estabilidade necessária para honrar com elas durante todo o financiamento. É preciso economizar para garantir o seu sonho.

2. Pesquise o histórico da construtora

Para evitar golpes ou problemas com o produto, é essencial conhecer a reputação da empresa responsável. Além de conversar com o corretor, a internet é um ótimo canal para procurar por opiniões dos consumidores.

Amigos e colegas de trabalho podem lhe passar informações positivas e negativas sobre algumas empresas. Você pode também se informar com advogados especialistas na causa imobiliária, para saber se a construtora está respondendo por algum processo na justiça.

Outra dica é visitar empreendimentos que já foram entregues. Assim, mesmo que o seu imóvel ainda esteja na fase inicial, é possível avaliar apartamentos que foram construídos pela mesma equipe. Procure por falhas na construção, como fissuras e infiltrações. Converse com os moradores e investigue possíveis problemas, como descumprimento de promessas, infraestrutura ruim ou atrasos na entrega.

3. Visite a obra

O corretor e a construtora certamente vão passar várias informações para você, mas elas não são suficientes para decidir pela compra. Uma visita ao local da obra é indispensável. É preciso conhecer detalhes como a infraestrutura da rua, as características do bairro e o funcionamento dos serviços de água e esgoto.

Conhecer a vizinhança e conversar com quem mora próximo é importante para saber como é a rotina do bairro — identificar se existem eventos periódicos que possam atrapalhar sua chegada em casa, por exemplo.

4. Verifique os documentos do empreendimento

Para que a venda de um apartamento na planta seja regularizada, há uma série de documentos necessários. É importante o comprador ter acesso à documentação, para evitar possíveis golpes ou problemas. Nenhuma incorporadora pode fazer negócio com imóveis antes de registrar esses papéis.

O principal documento é o memorial de incorporação da obra, em que constam os registros da construção, como as pessoas responsáveis e os materiais e equipamentos utilizados. Tenha atenção para avaliar o registro de propriedade do terreno, o cálculo da área do imóvel e a aprovação do projeto pela prefeitura.

Quando decidir fechar um negócio, não deixe de oficializar toda a transação em um cartório de imóveis o mais rápido possível. A propriedade só será transferida para você após o registro da escritura. Sem esse documento, você não tem como comprovar seus direitos e pode ser vítima de golpes.

5. Tenha atenção a todos os pontos do contrato

Esse é outro documento fundamental na negociação de um imóvel. Tudo o que for combinado entre você e o corretor deve estar escrito no contrato. Observe principalmente as condições de pagamento e as taxas de juros cobradas. Esse é o momento de se proteger contra abusos ou evitar ser pego de surpresa com pagamentos para os quais você não se programou.

Certifique-se também sobre a cláusula de desistência da compra. Analise os termos e negocie antes da assinatura do contrato. Outro aspecto que merece muita atenção é o seguro da obra. Veja se você está de fato protegido contra problemas na construção.

6. Guarde tudo o que receber sobre o apartamento

É claro que, uma vez realizada a compra, ninguém espera passar por situações ruins com o seu apartamento na planta. Mas a prevenção nunca é uma má escolha. Por via das dúvidas, guarde absolutamente tudo que receber sobre o imóvel. Isso vale até mesmo para panfletos, folhetos promocionais ou e-mails e mensagens trocadas com o corretor.

Quando for esclarecer alguma dúvida, prefira fazer isso por escrito, para gerar provas. Todos esses registros podem ser úteis se você precisar lembrar à construtora alguma promessa feita ou, em último caso, for necessário resolver algum problema judicialmente.

7. Conheça os direitos do consumidor nesse tipo de compra

A aquisição de um imóvel é uma negociação muito delicada, logo, o ideal é que você se certifique de todas as condições e conheça os seus direitos. O Código de Defesa do Consumidor protege os cidadãos contra abusos em negociações comerciais. Procure conhecer como a lei ampara você nessa negociação.

Um dos direitos que o consumidor tem é desistir da assinatura do contrato em até sete dias. Para quem não desiste, é importante saber que a construtora pode atrasar a entrega da obra em até 180 dias, mas deve apresentar uma justificativa para isso. Se o atraso for superior a esse período, o consumidor tem direito a indenização na justiça.

Caso a construtora não entregue os prêmios prometidos em ações promocionais, como televisão, carro ou armários planejados, você também pode cobrar por isso na justiça. Esse direito também existe quando o empreendimento for entregue com algum desacordo em relação à propaganda, por exemplo, se não houver espaço para dois carros na garagem.

Para garantir que seja tudo tranquilo na compra do seu apartamento na planta, esses cuidados são essenciais. Certifique-se de que tudo está regularizado e procure um advogado sempre que for necessário analisar com mais cuidado alguma questão. Dessa forma, você saboreia essa conquista e pode planejar seu futuro.

Que tal continuar no blog e aprender como construir seu patrimônio familiar?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *