7 segredos para inovar na decoração de apartamento pequeno

Para que um lar seja bonito e aconchegante, não é preciso dispor de vários metros quadrados. Quando se fala em decoração de apartamento pequeno, as palavras-chave são criatividade e otimização. Existem segredos simples que contribuem para a elaboração de soluções estratégicas, aproveitando cada cantinho do imóvel e adequando-as às necessidades do morador.

Quer descobrir quais são esses segredos? Continue lendo e conheça 7 dicas valiosas para decorar um apartamento pequeno!

1. Defina um estilo para a decoração

Antes de começar a embelezar seu novo apartamento, é recomendado escolher o estilo de decoração que mais o agrada. Isso o ajudará a pesquisar referências e inspirações que servirão como base para sua lista de compras.

Pesquise qual estilo mais combina com sua personalidade e seus gostos pessoais. Dessa maneira, você conseguirá se identificar com o ambiente, transformando o seu imóvel em um lar de verdade.

Alguns dos estilos de decoração mais populares são:

  • clássico: traços elegantes e detalhados, valorizando o luxo e o requinte;

  • industrial: aparência de fábrica/galpão, caracterizado por concreto, tijolos e tubulações visíveis;

  • moderno: prioriza a funcionalidade e o aspecto “clean”, com espaços amplos;

  • oriental: pode ter influências de diferentes países do Oriente, mas o ponto em comum é o equilíbrio, a harmonia e o toque espiritual;

  • retrô: mescla elementos modernos com objetos vintage e antigos;

  • romântico: caracterizado pela delicadeza e suavidade, abusa de tons pastel e estampas florais;

  • rústico: preza pela simplicidade e traz itens que reproduzem o ambiente natural.

2. Lembre-se de que “menos é mais”

Na decoração de apartamento pequeno, essa famosa frase é extremamente válida. Independentemente do estilo escolhido para o imóvel, é necessário ter muito cuidado para não exagerar nos móveis e itens decorativos.

Além de dificultar a circulação, os excessos causam uma impressão de que o espaço é ainda menor. Portanto, use o bom senso e descarte aqueles objetos que não forem realmente relevantes.

Estude alternativas para otimizar o espaço. Por exemplo, para eliminar a necessidade do rack ou utilizá-lo para organizar outros eletrônicos, invista em um painel para embutir a TV na parede. Os puffs também são uma boa opção para a sala de estar, pois ocupam menos espaço e podem ser deslocados com facilidade.

3. Aposte no truque dos espelhos

Um dos truques de ótica mais conhecidos na decoração de apartamentos pequenos é o uso de espelhos. Esses objetos geram a sensação de que o espaço é maior, pois os reflexos dão a ideia de profundidade.

Existem muitas possibilidades, desde aqueles que ocupam paredes inteiras até os conjuntos de pequenos espelhos. Por isso, você deve planejar a distribuição e o tamanho, para não poluir o visual e não comprometer a funcionalidade das paredes.

Dentro dos quartos, por exemplo, os espelhos costumam ser bastante usados. Acima da cabeceira e na frente do guarda-roupa são locais interessantes. Também é recomendado posicioná-los em paredes de frente para mesas de jantar e em corredores.

4. Tenha cores claras como base

As cores têm um grande poder na decoração de apartamentos pequenos. As claras e neutras devem ser a base desse tipo de ambiente, pois contribuem para a sensação de que o espaço é maior e transmitem uma leveza agradável. Utilizar a mesma cor nas paredes e nos pisos também colabora para isso.

Entretanto, o ambiente não precisa ser completamente monocromático. Mesmo que o objetivo principal seja aumentar a amplitude, é possível chegar a um equilíbrio visual. Afinal, os tons escuros deixam o local mais aconchegante e as cores vivas trazem alegria.

Para criar esse contraponto, é recomendado concentrar as cores vivas e/ou escuras em pontos mais específicos. Móveis e acessórios pequenos, como quadros e almofadas, são bons exemplos.

5. Tome cuidado com a iluminação

Ainda temos a iluminação. Esse é um item essencial para todo tipo de local, mas se torna ainda mais importante no que diz respeito à decoração de apartamento pequeno. Assim como as cores claras nas paredes aumentam o ambiente, uma boa iluminação também tem esse poder.

Sendo assim, tire o máximo de proveito da luz natural. Não só para ampliar o local, mas também para reduzir gastos com energia. Para facilitar a entrada de luz, retire móveis que estejam obstruindo sua passagem e prefira cortinas de tecidos leves e cores claras.

Mas também cuide da iluminação artificial, posicionando as lâmpadas de modo estratégico para criar efeitos interessantes. Se planejados, ainda é possível incorporar a iluminação nos próprios móveis, criando soluções funcionais. Por exemplo, as linhas de spots no gesso podem evidenciar os pontos de destaque, como as paredes em cores vivas.

6. Abuse de prateleiras e nichos

Diferentemente das estantes, os nichos e prateleiras são fixados nas paredes. Ou seja, ajudam na organização dos objetos sem comprometer a circulação dentro do apartamento. Além da funcionalidade, eles podem ser verdadeiros aliados na questão estética.

Contudo, é preciso ter bastante cuidado para não “entulhar” as prateleiras e nichos. Apesar de terem a capacidade de guardar diversos objetos, tudo fica exposto. Logo, os excessos podem poluir visualmente e causar o efeito contrário do que é desejado.

Eles podem ser úteis em todos os cômodos do lar. No corredor de entrada, servem para colocar as chaves. Na sala, acomodam os livros e revistas. Na cozinha, armazenam copos e taças. No quarto, acessórios e roupas. No escritório, cadernos e apostilas. No banheiro, shampoos e sabonetes.

7. Invista em móveis funcionais

Como mencionado no início, a otimização é crucial para a decoração de apartamento pequeno. Nesse contexto, os móveis funcionais exercem uma função indispensável para aproveitar o espaço e facilitar a organização.

Há uma grande variedade de mobiliários inteligentes no mercado, dos mais modernos aos já famosos e largamente utilizados. Sofá-cama, cadeira dobrável, mesa com ajuste de tamanho, cama com gavetas embutidas e estante modular são alguns deles.

E caso seu orçamento permita, opte por móveis planejados. Por serem projetados exclusivamente para seu lar, eles são mais adequados às suas necessidades e aproveitam ao máximo o espaço disponível, incluindo as quinas e o pé-direito do imóvel.

Agora que você já sabe no que deve investir para uma boa decoração de apartamento pequeno, aproveite para conferir um passo a passo para montar um orçamento doméstico infalível. Vamos lá?!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *