Carro roubado: o que fazer? Saiba quais passos seguir

Comprar um automóvel é a realização de um sonho e um dos momentos felizes da vida. Apesar disso, é preciso ter alguns cuidados para evitar situações desagradáveis. Nesse caso, é preciso pensar: se eu tiver o carro roubado, o que fazer?

Por mais que você nem queira pensar nessa alternativa, existe a possibilidade de isso acontecer. Até mesmo porque o roubo de veículos passou de 1 milhão no Brasil entre 2015 e 2019.

Como se proteger e o que fazer se seu carro for roubado? Essas são as perguntas que vamos responder neste post. Acompanhe!

Carro roubado: o que fazer nesses casos?

Um dos grandes receios dos donos de automóvel é ter seu veículo roubado ou furtado. Infelizmente, essa é uma situação que pode acontecer. Por isso, é preciso ter preparação para enfrentar esse desafio, caso ele surja.

O que fazer se o carro for roubado? Listamos as principais medidas a tomar.

Avise a Polícia Militar

O roubo de carro é uma ocorrência que deve ser investigada. Assim que o fato ocorrer, avise a PM por meio do 190. Ao fazer a ligação, o crime será registrado no banco de dados da corporação e as viaturas serão alertadas para verificar a região. Os policiais ainda avisarão a Polícia Rodoviária, que ficará atenta caso o automóvel seja encaminhado para outro município.

Registre um boletim de ocorrência (BO)

O próximo passo é fazer um BO na Polícia Civil. Quando antes você fizer o registro da queixa, melhor. Desse modo, as guarnições farão uma investigação apropriada. Lembre-se de informar o maior número de detalhes que conseguir. Entre eles estão:

  • local;
  • horário;
  • informações sobre o carro;
  • possíveis testemunhas.

Informe ainda se algum objeto pessoal ou documento foi levado junto. Tudo isso ajuda os policiais a encontrarem o carro roubado. O que fazer em seguida? Cuidar da seguradora, que precisa do BO para repassar a indenização.

Ligue para o seguro

A ocorrência ajuda a comprovar para a seguradora que o roubo do veículo realmente aconteceu. Apesar de ser a terceira etapa, também é importante acionar a empresa o quanto antes.

Normalmente, o seguro auto solicita documentos pessoais e do veículo para iniciar o processo de indenização. Por isso, sempre mantenha cópias em um lugar seguro. O prazo de retorno é de até 30 dias. Nesse período, há busca do automóvel. Se ele não for encontrado, a indenização é paga.

Veja se é possível recuperar o automóvel

As etapas anteriores servem para incentivar a tentativa de recuperação do carro que foi roubado. Essa possibilidade é verificada junto à polícia. No entanto, os dados indicam que a chance de isso acontecer é maior nas primeiras 72 horas. Por isso, é preciso atentar a esse prazo.

Caso o veículo seja recuperado, a seguradora costuma fazer uma vistoria para verificar possíveis danos. Se o gasto for maior que o preço do carro, a indenização, normalmente, é paga. Se o custo for menor, a regra válida é a que está definida na apólice contratada.

Peça reembolso do IPVA

Os valores pagos a título de IPVA podem ser reembolsados caso o veículo seja roubado. Essa regra é válida para alguns estados. Por isso, é importante verificar a legislação estadual para saber se você tem direito.

Caso a resposta seja afirmativa, apresente a documentação solicitada. O valor é devolvido por meio de depósito em conta-corrente e a quantia é proporcional ao período em que você ficou sem o carro.

Como dificultar o roubo do seu carro?

Pode ser o primeiro carro, pode ser um automóvel que você já tenha há algum tempo, o roubo sempre é uma situação indesejada. Por isso, vale a pena investir em itens de segurança para evitar que ela ocorra.

Agora que você já sabe o que fazer com o carro roubado, conheça algumas dicas para evitar que se torne uma vítima. Vamos lá?

Coloque um corta-corrente

É um dispositivo também chamado de “segredo”. Ele impede a partida do veículo. Portanto, ainda que alguém tente ligá-lo, será impossível. Em princípio, essa é uma tecnologia simples, mas já existem modelos mais sofisticados no mercado.

Os mais modernos, por exemplo, garantem que o veículo rode por alguns minutos e, então, pare totalmente. Isso evita confronto com os criminosos, o que poderia levar a um problema mais grave.

Use travas

Existem diferentes travas passíveis de utilização. Você pode adotar a de:

  • pedal: é um recurso mecânico que impede o acionamento da embreagem, freio e acelerador. Precisa de instalação sempre que estacionar;
  • volante: é uma barra de aço temperado com duas hastes fixadas nas laterais do volante. O giro é impedido e isso impossibilita a condução do automóvel;
  • freio de estacionamento e câmbio: interrompe o freio de mão e o câmbio. Para voltar a funcionar, precisa da chave certa.

Coloque um alarme no carro

É normal que o carro tenha alarme — esse é um dispositivo de segurança bastante popular. Ele pode ser:

  • perimétrico: ativa o alarme sonoro se o porta-malas e as portes forem abertos sem a desativação do alarme primeiro;
  • volumétrico: percebe movimentações no interior do automóvel e, então, emite o som.

Tenha um rastreador veicular

É uma tecnologia que monitora o veículo a partir do GPS. Para contratar o rastreamento, você precisa adquirir o serviço com a seguradora ou uma empresa especializada. A vantagem é a identificação da posição exata do veículo. Assim, a polícia encontra o carro roubado com mais facilidade.

Use um bloqueador

É um dispositivo que impede o funcionamento do motor. Com ele, o carro para de funcionar. É uma alternativa para conseguir tempo para encontrar o veículo.

Agora que você sabe o que fazer com o carro roubado, já pode acionar a política e a seguradora, sempre na ordem certa para aumentar as chances de indenização. Lembre-se da possibilidade de reaver o valor do IPVA e de usar os itens de segurança listados. Assim, você protege seu veículo, em vez de apenas agir diante do problema.

Se você gostou de saber o que fazer em caso de roubo do seu carro, compartilhe este texto em suas redes sociais! Assim, ajudará outras pessoas a lidar com esse imprevisto e se protegerem.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.