Carros híbridos e elétricos: saiba mais sobre os cobiçados do momento

Carros híbridos e elétricos são considerados, hoje em dia, itens de vanguarda no mercado automotivo. Isso quer dizer que eles são vistos como o futuro, no que diz respeito a meios de transporte. Mesmo assim, muitos motoristas nunca dirigiram veículos desse tipo e, por isso, ainda têm diversas dúvidas acerca das tecnologias que empregam.

Se você também se encaixa nesse grupo, não se preocupe, pois vamos explicar aqui como funcionam os carros híbridos e elétricos. Assim, quando você se deparar com modelos dessas categorias, será muito mais fácil diferenciar um do outro.

De antemão, você já pode saber que ambos contribuem para a redução de consumo de combustível. Quer saber mais? Então, acompanhe este post e conheça as características de cada modelo!

O que são carros híbridos?

O termo híbrido traz a ideia de algo que é composto por elementos diferentes. No caso de automóveis, quer dizer que eles têm tanto motores a combustão (a diesel ou a gasolina) quanto motores elétricos. Hoje, a indústria automotiva já trabalha no desenvolvimento de modelos híbridos flex, nos quais a combustão pode ser feita com álcool ou gasolina.

Os carros híbridos são dotados de sistemas inteligentes, que detectam as necessidades do veículo e do motorista, de modo a fazer a combinação mais eficiente de uso dos dois motores. Assim, em baixas velocidades, como no para e anda dos congestionamentos das grandes cidades, o automóvel geralmente utiliza o propulsor elétrico.

Com isso, o veículo economiza bastante combustível, o que aumenta o rendimento na relação quilômetros rodados por litro, além de diminuir consideravelmente os ruídos na cabine. Se você ainda não dirigiu carros híbridos, saiba que o silêncio é uma das características da condução nesse tipo de veículo.

Vale ressaltar ainda que, via de regra, essa categoria de automóvel é dotada de centrais tecnológicas que disponibilizam vários modos de condução. Com isso, o motorista pode escolher a configuração do carro para cada situação enfrentada. Por exemplo, no Toyota Prius, o modo ECO é o que eleva a eficiência energética do carro ao máximo, o que gera grande economia de combustível.

Além disso, cabe salientar que a maior parte dos carros híbridos é abastecida somente com gasolina, ou seja, o próprio motor a combustão é que gera o carregamento das baterias do motor elétrico.

É bem verdade que, nesse último caso, também há o aproveitamento do chamado freio regenerativo, no qual parte da energia liberada na frenagem é utilizada pelo motor elétrico. É provável que você já tenha ouvido falar dessa tecnologia nas corridas de Fórmula 1, não é mesmo?

No Brasil, o Toyota Prius tem se destacado por ser o modelo híbrido mais barato. A versão 2018 é equipada com um propulsor elétrico de 72 cavalos e torque de 16,6 kgf.m, além de um motor a gasolina de 1,8 litro, com potência de 98 cavalos e torque de 14,2 kgf.m. O veículo ainda oferece quatro modos de direção, são eles: normal, ECO, power e EV (Electric Vehicle).

Outro modelo disponível no país é o Ford Fusion híbrido, o qual tem motor 2.0 Hybrid Atkinson, capaz de gerar 190 cavalos por meio da potência combinada dos dois propulsores, um movido a gasolina e outro elétrico.

O que são veículos elétricos?

Os carros elétricos são caracterizados por terem somente o motor movido a eletricidade. Nesse caso, o automóvel só funciona se as baterias estiverem carregadas. Conforme o modelo do veículo elétrico e o número de baterias, a chamada autonomia de rodagem pode variar bastante, entre 90 km e 300 km.

Vale lembrar que os carros elétricos são carregados por tomadas. A propósito, esse é um dos grandes empecilhos para o crescimento do uso desse tipo de automóvel, já que no Brasil ainda há um predomínio de postos de combustíveis que oferecem somente gasolina e álcool.

Por falar em tomada, alguns carros híbridos plug-in, em que o motor elétrico é carregado manualmente, também são classificados como elétricos.

No Brasil, até agora o único carro totalmente elétrico disponível no mercado é o BMW i3. O veículo proporciona uma autonomia de até 180 km, a qual pode ser estendida para até 385 km com o uso do ciclo NEDC, voltado para trânsito urbano. Conforme a montadora, a emissão de gás carbônico (CO2) é nula.

Quais são os benefícios e as desvantagens de veículos híbridos e elétricos?

Um forte atrativo para a compra de automóveis híbridos e elétricos é o baixo consumo de combustível e a baixa emissão de poluentes. Além disso, o silêncio no interior da cabine também pode ser considerado mais um ponto a favor desses veículos.

Por outro lado, o custo mais elevado, em comparação com carros de mesmo nível estético e de potência semelhante, pesa contra os híbridos e os elétricos. Ainda assim, em alguns estados da federação já há isenção da cobrança de IPVA para quem tem a posse desses carros mais econômicos.

Na cidade de São Paulo, os híbridos e os elétricos também estão liberados de cumprir o rodízio de placas. Assim, quem tem esse tipo de automóvel não precisa deixar o carro parado em casa em dias determinados, como acontece com quem tem veículos convencionais. Com isso, a pessoa tem mais liberdade para se locomover dentro da cidade, além de um dia produtivo a mais, o que pode compensar para diminuir o impacto da compra. 

Como você pode notar, os carros híbridos e elétricos representam uma evolução na indústria automotiva. Entretanto, o alto custo das tecnologias empregadas e a falta de mais incentivos por parte do Governo são empecilhos para o crescimento desse tipo de frota.

Ainda assim, quem dirige muitos quilômetros por dia ou quer ter um veículo com baixa emissão de gases poluentes pode fazer a aquisição de automóveis híbridos ou elétricos por meio de processos mais baratos, como o consórcio. Nessa modalidade de compra não há a cobrança de juros elevados, como ocorre nos financiamentos tradicionais.

E então, gostou de saber mais sobre carros híbridos e elétricos? Cadastre-se na nossa newsletter e receba mais novidades do mercado automotivo diretamente em sua caixa de entrada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *