Como escolher a construtora de imóveis ideal? Descubra!

Escolher uma construtora de imóveis é uma tarefa que requer cuidados especiais, caso contrário, o sonho de ter uma moradia própria pode se transformar em pesadelo. Quem nunca ouviu histórias de pessoas que adquiriram um apartamento na planta, mas até hoje não receberam o bem acabado, não é mesmo?

Por esse motivo, a escolha por uma empresa desse ramo deve ser realizada de forma criteriosa, de modo a se reduzir ao máximo os riscos existentes no negócio. Ao analisar uma série de quesitos antes de confirmar uma transação, o comprador se certifica de que as chances de passar por problemas no futuro são reduzidas.

Confira, a seguir, algumas dicas de como escolher a construtora de imóveis ideal para você!

Avalie o histórico da empresa

Quando se trata da aquisição de um bem que demanda um valor significativo, é indispensável consultar a história da empresa com a qual se vai realizar a transação. Em tese, o tempo de atuação do negócio no mercado já é um indicativo da solidez da companhia.

Afinal, um longo período de funcionamento passa a ideia de que os gestores conseguiram superar os mais diversos contextos econômicos pelos quais o país viveu. Além disso, dificilmente uma empresa se mantém ativa durante muito tempo sem satisfazer as necessidades mínimas dos clientes.

Ao conhecer a história da construtora de imóveis, o consumidor precisa avaliar os valores da empresa e saber se ela teve um crescimento consistente ou viveu altos e baixos. Com esse diagnóstico, fica mais fácil traçar projeções acerca do futuro do negócio e, assim, tomar decisões com embasamento.

Analise as obras feitas pela construtora de imóveis

A qualidade da moradia deve ser um item fundamental quando se vai escolher um imóvel. Como a pessoa possivelmente vai viver vários anos no local adquirido, é preciso saber se os materiais empregados na obra serão duráveis.

Uma maneira de averiguar o trabalho da construtora é conhecendo habitações já realizadas por ela. Dessa forma, o potencial comprador pode checar o acabamento, a acessibilidade, os tipos de materiais utilizados nas obras etc.

Se possível, é interessante conhecer casas e apartamentos de períodos diferentes, para acompanhar a evolução dessas construções ao longo do tempo. Além disso, é importante notar se a empresa mantém um padrão de qualidade nas obras ou se há muita variação entre uma e outra.

Obtenha informações sobre a saúde financeira do negócio

Um dos grandes riscos de se adquirir um imóvel na planta é não receber o bem prometido pela construtora. Embora em alguns casos o atraso ou até mesmo a não entrega ocorram devido a problemas de ordem técnica, como chuvas excessivas ou descoberta de rochas no solo, comumente são questões financeiras que contribuem para a obra não ser concluída.

Por essa razão, o consumidor deve pesquisar a situação financeira da construtora de imóveis. Para você ter uma ideia da importância dessa atitude preventiva, durante a mais recente crise econômica nacional, entre meados de 2014 e final de 2016, muitas empresas do setor imobiliário fecharam as portas ou não honraram entregas. Algumas delas, a propósito, tinham um histórico de décadas no ramo de atuação.

Por isso, além de analisar o tempo de mercado da empresa, é indispensável checar a situação financeira do negócio.

No caso das grandes companhias de capital aberto, que têm ações comercializadas na bolsa de valores, é possível checar os balanços e os fatos relevantes da empresa por meio das páginas de Relações com Investidores. Como esse tipo de organização tem que divulgar essas informações, fica mais fácil avaliar os dados.

Entretanto, quando se trata de empresas de menor porte, nem sempre os relatórios do negócio estão disponíveis para o público. Ainda assim, com uma rápida pesquisa na internet o consumidor pode anotar o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) da construtora e pesquisá-lo em sites como o da Receita Federal, que emite certidão de débitos, ou da Justiça do Trabalho.

O potencial comprador também pode pesquisar notícias acerca da empresa para saber se há algum relato que possa expor pontos negativos do negócio.

Leia com atenção os documentos e as peças publicitárias

Antes de assinar um contrato com uma construtora de imóveis é essencial que você leia atentamente os documentos e as peças publicitárias disponibilizadas pela empresa. Dessa maneira, você entende as condições da negociação e evita arrependimentos no futuro.

Se possível, consulte um advogado especializado na área imobiliária para tirar dúvidas relacionadas ao contrato e, assim, discutir eventuais cláusulas com a empresa responsável pelo imóvel.

Converse com clientes da construtora

Mais uma forma útil de buscar informações para escolher uma construtora de imóveis é conversar com clientes que já compraram unidades habitacionais da empresa. Tal atitude, muitas vezes, pode representar um divisor de águas, já que a pessoa pode tirar dúvidas práticas que só um morador realmente responde com sinceridade.

Procure o auxílio de um profissional

Se você sente que terá dificuldade para avaliar uma construtora de imóveis, uma alternativa é contratar um profissional especializado, como um corretor. Por vezes, é mais indicado obter os serviços de um autônomo, o qual, em tese, não deve ter ligação com empresas do ramo. Nesse caso, é importante checar se o profissional está credenciado no respectivo conselho regional (CRECI).

A vantagem dessa opção é contar com a experiência de quem atua na área e pode explicar certos detalhes que o comprador não descobriria por conta própria.

Como você pode perceber, escolher uma construtora de imóveis requer vários cuidados. Ainda assim, se você quer se precaver contra uma possível não entrega de moradia, uma alternativa viável é aderir a um plano de consórcio. Afinal, ao ser contemplado, você recebe uma carta de crédito para adquirir uma casa ou apartamento de uma só vez, ou seja, a transação equivale a uma compra à vista.

Com isso, você tem condições de receber o imóvel pronto e, assim, diminui um dos principais riscos de se comprar uma habitação na planta.

Gostou dessas dicas? Que tal receber mais conteúdos interessantes como este? É só curtir a nossa página no Facebook e ficar por dentro de todas as novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *