Comprar uma casa para reformar: afinal, quando vale a pena?

Quando se trata de realizar o desejo de construir o imóvel dos sonhos, comprar uma casa para reformar pode ser uma alternativa bastante vantajosa, desde que sejam tomados alguns cuidados importantes. Caso contrário, o prazer de ter um lar especialmente planejado por você pode se transformar em pesadelo.

Por isso, no artigo de hoje, destacamos as vantagens e as desvantagens de comprar uma casa para reformar. Veja e descubra se essa é a melhor opção para você e sua família!

Quais são as vantagens dessa escolha?

A principal vantagem de comprar uma casa para reformar está no preço baixo. É muito mais econômico adquirir um imóvel já pronto que investir na construção ou na compra de um novo empreendimento.

Por se tratar de uma construção antiga, é possível negociar melhores preços e direcionar o valor economizado para a execução da obra, garantindo todos os diferenciais que sempre fizeram parte dos sonhos de quem deseja ter uma nova casa.

A personalização do imóvel é, por si só, uma boa vantagem para quem decide adquirir uma casa ou apartamento para reformar. Com a ajuda de bons profissionais na área de arquitetura e decoração, é possível realizar transformações em todos os ambientes, adaptando o novo lar às necessidades de cada família.

Aproveitar os elementos antigos e acrescentar novos detalhes só é possível graças a outra vantagem encontrada ao comprar uma casa para reformar. Trata-se do aproveitamento de espaço observado nas plantas de construções mais antigas.

Por que as construções antigas são atrativas?

Antigamente, as construtoras não lidavam com a pressão de economizar nos empreendimentos tornando-os mais enxutos, o que significa que as casas e prédios mais velhos possuem cômodos internos e áreas externas mais amplas, o que aumenta as possibilidades para quem vai transformar o imóvel.

Por fim, comprar uma casa para reformar constitui uma excelente opção de investimento financeiro. Isso é possível graças à valorização dos imóveis que são reformados, independentemente da quantidade de mudanças feitas ou da data de construção.

Ao modernizar a casa ou apartamento, deixando-o pronto para acolher novos moradores, quem reforma o imóvel tem a possibilidade de garantir bons retornos com a venda, fazendo das mudanças realizadas um fator positivo na hora de fechar negócio.

Mas, se por um lado é possível destacar as vantagens que comprar uma casa para reformar oferece, por outro, é preciso lembrar quais são as desvantagens dessa aquisição, para evitar prejuízos e aborrecimentos.

E as desvantagens?

Sem o planejamento financeiro adequado e sem a orientação de bons profissionais (seja do ramo imobiliário ou da engenharia e arquitetura), comprar uma casa para reformar pode revelar aspectos que tornam o negócio uma escolha não muito vantajosa.

A primeira desvantagem está na má qualidade da estrutura de casas e prédios antigos. Quando os materiais e equipamentos utilizados na construção não são bons, a reforma pode revelar problemas que tornam as operações inviáveis, com risco de demolição do imóvel.

Nesses casos, o custo da reforma torna-se maior que a valorização do empreendimento proporcionada pelas transformações feitas, o que constitui a segunda grande desvantagem de comprar uma casa para reformar.

Afinal, se a intenção ao optar por esse tipo de aquisição imobiliária é economizar, gastar muito com a obra torna-se uma grande dor de cabeça, que inviabiliza o sucesso da negociação.

Quais são os impactos do alto custo de uma reforma?

Desse modo, os custos da reforma, quando muito altos, podem limitar as possibilidades de alteração nos cômodos e na área externa, impedindo que a casa ou apartamento fique exatamente como o comprador sonhava.

Justamente pelo risco de gastos elevados com a obra, quem compra uma casa ou apartamento que será reformado deve prestar muita atenção aos termos do contrato e às condições de negociação.

Nesse ponto, a maior desvantagem está na inflexibilidade do antigo proprietário, que pode exigir valores acima do limite seguro para garantir que os gastos com a reforma possam ser compensados pela valorização do imóvel ao final da obra.

Assim, para ter sucesso ao comprar uma casa para reformar, além de conhecer as vantagens e as desvantagens dessa escolha, é preciso saber quais são os principais aspectos que devem ser analisados tanto em relação ao imóvel quanto ao processo de negociação.

É sobre esse assunto que falaremos agora, na última seção do nosso artigo. Confira e esclareça suas dúvidas!

O que avaliar ao comprar uma casa para reformar?

A escolha de um imóvel, seja ele novo ou para reformar, exige alguns cuidados essenciais para garantir o sucesso do negócio e o prazer com a realização do sonho da casa própria.

Em primeiro lugar, é fundamental considerar a localização e os aspectos relacionados à mobilidade e à infraestrutura do endereço do imóvel. Fatores como os serviços de transporte público, a existência de parques ou praças e a intensidade do trânsito precisam ser avaliados com atenção.

Quando se trata de comprar uma casa para reformar, as condições da edificação merecem ainda mais atenção, pois qualquer problema com a qualidade da estrutura representará gastos a mais com a obra.

Uma vez que o estado de conservação da casa ou apartamento esteja definido, é hora de realizar o planejamento de gastos com a reforma, estimando custos e definindo um cronograma para realização de todas as transformações necessárias.

Que outras dicas são importantes?

Uma dica dos especialistas para quem precisa reduzir os gastos com a reforma é priorizar os espaços que possuem azulejo, marcenaria e outros acabamentos que sofrem mais deterioração com o tempo, como a cozinha e os banheiros.

Nesse momento, é muito importante analisar a legislação do município no que diz respeito à construção civil e à realização de reformas, para garantir o cumprimento de todas as normas e evitar aborrecimentos futuros.

Chegando ao final do nosso artigo, é importante lembrar que aderir a um consórcio de imóveis é uma excelente alternativa tanto para comprar um imóvel pronto quanto para fazer a reforma da casa ou do apartamento.

No caso da reforma, ao adquirir a carta de consórcio, você consegue realizar todos os gastos com a obra sem prejudicar o planejamento financeiro da família, pois o valor da contribuição mensal e as taxas de administração são definidos previamente — você sabe exatamente quanto será pago e por quanto tempo.

Agora que você já conhece as vantagens e as desvantagens de comprar uma casa para reformar, que tal ajudar seus amigos a entenderem melhor esse assunto? Compartilhe o nosso artigo nas redes sociais!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *