Conheça um pouco mais sobre a história do Grupo Bamaq

Há mais de 40 anos, a Bamaq faz parte da história do empreendedorismo brasileiro. Revolucionando a forma de distribuição de máquinas, equipamentos e veículos, a trajetória do grupo transcorre por pontos que permeiam a história de Minas Gerais.

E isso não só no âmbito do empreendimento, mas também nos vários momentos em que as ações de seus fundadores causaram impacto na vida dos mineiros — desde loteamentos de terrenos até elevar o nome da capital do estado como a detentora do maior banco da América Latina.

No post de hoje, vamos contar a primeira parte da história de um dos grupos mais sólidos e tradicionais do país, mostrando como e em que cenário a Bamaq apareceu pela primeira vez no mercado brasileiro — anos antes de ser chamada por esse nome —, além de conhecer um pouco mais sobre as empresas consolidadas pelo grupo.

As origens do Grupo Bamaq

Mesmo tendo surgido oficialmente em 1974, a história do grupo começou bem antes disso, na década de 20.

Foi nessa época que Clemente Soares de Faria, filho de um pecuarista promissor e nascido no município de Pedra Azul, localizado do Norte de Minas, veio a Belo Horizonte com o objetivo de concluir os estudos.

Casado com a dona Jenny e pai de dois filhos, Aloysio e Gilberto, Clemente ficou marcado por seus feitos precoces, entre eles, a conquista da patente de Capitão da Guarda Civil aos 18 anos e a eleição para deputado do Congresso mineiro aos 23.

Em 1925, Clemente inaugura um sistema de cooperativa de créditos que objetivava financiar pequenos agricultores, feito que explicitava o tato dos membros da família para o negócio.

Mais tarde, o empreendimento passa a se chamar Banco da Lavoura, que começou pequeno, mas, na década de 50, já figurava como o maior banco particular do Brasil — e, posteriormente, da América Latina.

Ainda jovem, Clemente faleceu em outubro de 1948, aos 48 anos, deixando seus filhos Gilberto de Faria e Aloysio de Faria tomando conta dos negócios. Sua morte foi estampada em capas de jornais de todo o Brasil.

Alguns anos depois, o Banco da Lavoura se dividiu e se transformou no Banco Real — hoje Santander — e no Banco Bandeirantes — hoje dividido entre Itaú e Unibanco.

A Empresa Mineira de Terrenos (EMT), que atuava no setor imobiliário, foi fundada em 1928. Gilberto, o filho caçula de Clemente, dividia as funções da empresa com as do Banco Bandeirantes, do qual também estava à frente.

Como dito acima, a fundação do grupo se funde com a história da cidade de Belo Horizonte. A EMT, por exemplo, foi uma das grandes responsáveis pelo loteamento em larga escala da cidade.

E a partir desses empreendimentos, começaram a surgir as primeiras empresas que futuramente pertenceriam ao grupo. A seguir, vamos conhecer algumas das companhias que tiveram um papel inovador ao modificar a forma de os consumidores adquirirem seus veículos.

Bamaq Consórcio

O sistema de compras planejadas entre pessoas que visam adquirir um bem começou em meados dos anos 60 e era voltado exclusivamente aos veículos. No entanto, foi em 1988 que o sistema de consórcios teve sua importância social e econômica reconhecida pela Constituição Federal.

Por isso, em 1990, foi criado o Consórcio Minasmáquinas (atual Bamaq Consórcio), em meio a novas oportunidades de expansão dos negócios, de forma a facilitar a distribuição de veículos.

Hoje, o consórcio tem como seus principais produtos caminhões, máquinas pesadas e automóveis das marcas Mercedes-Benz, Fiat, Ford, Volkswagen e General Motors, entre outras, além de já ter atuação consolidada no mercado imobiliário.

A relação do público com o consórcio

A visão que o público tinha em relação ao consórcio quando o formato começou a existir baseava-se em prestações pequenas e prazos longos. As administradoras ligadas às concessionárias tinham como objetivo garantir a entrega do seu estoque por meio das cotas contempladas em seus grupos de consórcio.

Hoje, o consórcio adquiriu maturidade por meio das administradoras, tornando-se o produto mais competitivo e atrativo aos consumidores. Todos os bancos trabalham com consórcio como mais um produto oferecido aos seus clientes, o que dá ainda mais credibilidade ao sistema.

O público que hoje busca informações sobre consórcio é composto por pessoas que querem investir em um bom negócio, planejando a troca dos seus veículos e fazendo um bom investimento.

O relacionamento forte com o consumidor

Desde seus primórdios, todas as empresas do grupo Bamaq têm o foco no cliente como um de seus valores. Todo o trabalho e metodologia desenvolvida são voltados para o melhor atendimento ao público.

O grupo tem sistemas de avaliação do atendimento e produz estudos para melhorias dos processos, com a finalidade de proporcionar uma experiência cada vez melhor ao cliente.

A união de qualidade dos equipamentos, crescimento sustentável, responsabilidade social e um relacionamento pautado na ética, integridade e confiança é um pilar que ajudou a consolidar a expansão do grupo para empresas de diversos segmentos.

As empresas pertencentes ao grupo

A Bamaq conta com uma gama de empresas voltadas para diversos serviços, como imobiliária, seguradora e concessionárias. A seguir, vamos conhecer algumas delas!

  • Bamaq Consórcio: Administradora autorizada pelo Banco Central e com sede em Contagem-MG.

  • Bamaq Automóveis: a mais tradicional concessionária de automóveis Mercedes-Benz em Minas Gerais. Tem unidades localizadas em Belo Horizonte e Juiz de Fora;

  • Delta Fiat: concessionária de veículos Fiat localizada em Juiz de Fora;

  • Bamaq Caminhões: concessionária Iveco localizada em Marituba, no Pará;

  • CGF Seguros: corretora de seguros pertencente ao grupo Bamaq;

  • Geoscava Rental: empresa de locação de máquinas de construção New Holland;

  • Bamaq Imóveis: empresa responsável pela administração e análise de aquisição dos imóveis do Grupo Bamaq.

As principais conquistas nos últimos anos

O grupo é referência em todos os setores em que atua, tendo recebido por diversos anos a premiação máxima nos programas de avaliação das marcas representadas, com um índice de aprovação altamente satisfatório.

E é por meio dessas avaliações e pesquisas de mercado que a empresa busca adotar as melhores práticas dentro de cada segmento — a integração dos serviços faz com que as empresas façam benchmarking entre si.

E o resultado de todo esse trabalho em equipe é a fortificação do processo de expansão com a inauguração de novas unidades e concessões.

Uma das principais conquistas recentes do grupo foi a abertura de novas lojas em Belém (PA) e Recife (PE). E o processo de expansão não para. Novos estados estão na mira da empresa para instalação de novos empreendimentos.

Com reconhecimento em escala nacional, o grupo Bamaq não para de se expandir e de angariar aceitação e confiança por onde passa. Afinal, são décadas de história e trabalho em prol do que realmente importa: o cliente.

Para conhecer ainda mais a história do grupo e o leque de serviços prestados por ele, entre em contato com a Bamaq!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *