Independência Financeira: como conquistar antes dos 30 anos?

Conquistar a independência financeira é um dos principais objetivos de muita gente. Se ela vier antes dos 30 anos, melhor ainda, não é mesmo?

Ter independência financeira significa, entre outras coisas, tranquilidade para encarar o futuro com a certeza de que seus investimentos e receitas estão organizados da melhor forma possível. Assim, você é capaz de garantir conforto e a realização de muitos sonhos para você e sua família.

É claro que isso demanda bastante dedicação, planejamento e força de vontade. Afinal, a independência financeira não vai ser alcançada da noite para o dia: é preciso se esforçar, determinar objetivos e correr atrás deles.

Neste post, preparamos algumas dicas valiosas para ajudar você nessa jornada. São pequenas mudanças e estratégias que vão fazer toda a diferença no alcance dessa conquista tão importante. E, então: mãos à obra?

Conheça a sua realidade

Pode parecer uma orientação óbvia, mas é surpreendente a quantidade de pessoas que não tem a ideia exata de todas as suas receitas e gastos. Antes de mais nada, quando o assunto é saúde financeira, é muito importante conhecer os seus recursos. Por isso, é preciso registrar tudo.

Busque conhecer as suas fontes de receita, sejam elas fixas ou variáveis. Não se esqueça de prever os descontos — considerar a receita bruta nos seus cálculos é um erro que pode prejudicar os resultados.

Em seguida, organize os seus gastos, entenda o que é gasto básico e o que é gasto supérfluo, e calcule o que sobra ao final de cada mês para poupar e investir. Pode ter certeza: conhecer a fundo todas essas informações é o primeiro passo para organizar um planejamento financeiro adequado.

Poupe

A independência financeira tem a ver com encontrar a tranquilidade em relação ao dinheiro, tendo mais receitas do que gastos, o que vai permitir a você e a sua família um estilo de vida confortável e sem maiores preocupações.

Mas é claro que, até chegar a esse ponto, é preciso, sim, de alguns esforços. E o maior deles é poupar! Por isso, abra uma conta poupança e se organize para todo mês depositar uma quantia nela.

Por mais que os rendimentos da poupança não sejam os mais altos do mercado (e vamos falar de outras possibilidades de investimento posteriormente), a poupança é uma forma segura de economizar para alcançar uma vida mais estável.

A partir do conhecimento completo da sua situação financeira, determine o quanto é possível colocar na poupança todo mês e certifique-se de cumprir com o acordo. No longo prazo, esse recurso vai ser fundamental!

Acumule patrimônio

Um dos objetivos mais importantes de quem busca a estabilidade financeira é o acúmulo de patrimônio. Isso deve ser considerado por você ao longo de toda a sua vida: quanto mais bens você possuir, mais diversas serão as suas fontes de receita e mais tranquilidade será possível usufruir e oferecer para a sua família.

Tenha em mente que acumular patrimônio é um processo: se você se organiza e reserva uma parte das suas receitas para isso, ao longo do tempo será muito mais fácil fazer aquisições. Elas podem ser veículos, imóveis, obras de arte etc., de acordo com as suas preferências, estilo de vida e mesmo com as oportunidades do mercado.

Crie metas

Alcançar a independência financeira requer, também, que você saiba exatamente aonde quer chegar. Por isso, ao se organizar para esse objetivo, é muito importante traçar um plano de ação, pensando quais são os seus maiores sonhos e quais as etapas devem ser alcançadas para a sua realização.

O estabelecimento de metas, de curto e longo prazo, é essencial para que você se organize e tome atitudes com fundamentação em um objetivo maior. Assim, sabendo o que você precisa alcançar, é mais fácil decidir entre uma viagem ou um novo investimento, por exemplo.

Lembre-se de definir objetivos que sejam, ao mesmo tempo, ambiciosos e possíveis. Trabalhar com metas impossíveis só vai deixar você frustrado e com a sensação de que nunca vai alcançar o seu sonho. Por outro lado, objetivos muito simples não demandam esforços e podem acabar puxando você para trás!

Seja disciplinado

A disciplina é uma competência que está vinculada ao alcance da estabilidade financeira. Afinal, a rotina diária acaba sendo um grande incentivo para que tenhamos gastos desnecessários e deixemos de nos manter fiéis aos nossos objetivos e metas.

E, justamente por isso, é muito importante sempre revisar quais são os seus sonhos, buscando encontrar as atitudes no seu estilo de vida que podem atrapalhar você. Isso vale tanto para pequenos “escorregões” no dia a dia, como para atitudes maiores, como uma compra de imóvel sem planejamento, por exemplo.

Em resumo, é preciso ter disciplina e refletir sobre cada uma das decisões que envolvem as suas finanças, de forma a garantir que todos os passos estão sendo dados em direção à tão sonhada independência.

Invista

Os investimentos são um dos pontos mais importantes a serem considerados no momento de buscar a independência financeira. Além da importância de se manter uma conta poupança, que já mencionamos, é indispensável encontrar outras formas de investimento que vão fazer o seu dinheiro render cada vez mais.

Converse com especialistas e busque as alternativas que se adaptem ao seu perfil e necessidades. Nesse cenário, lembre-se que o consórcio é sempre uma excelente oportunidade: com parcelas que cabem no seu bolso (e que podem ser definidas por você) é possível manter um fluxo constante de acumulação de patrimônio, que pode fazer toda a diferença no seu futuro.

Alcançar a independência financeira deve, sim, ser um dos seus principais objetivos no começo da idade adulta. Organizar as suas finanças, definir investimentos e estar cada vez mais preparado para enfrentar o futuro é uma decisão sábia e que pode trazer muito mais tranquilidade e conforto para você.

Agora que você já sabe quais são os melhores caminhos para essa conquista, é hora de organizar a sua rotina: conhecer a sua situação financeira atual, traçar planos de curto e longo prazo e exercitar constantemente a disciplina, para que os resultados fiquem cada vez mais próximos.

E que tal dividir essas dicas preciosas com quem é importante para você?! Compartilhe este post nas redes sociais e veja mais amigos se organizando em busca da independência financeira!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *