Limpeza do ar condicionado automotivo: quando e como fazer?

No Brasil, onde as temperaturas costumam ser elevadas durante boa parte do ano, o ar-condicionado automotivo pode proporcionar conforto e praticidade — principalmente no trânsito das grandes cidades e nos horários de pico.

Para garantir o bem-estar a bordo de um veículo, manter uma rotina de limpeza do aparelho é essencial: uma boa manutenção pode fazer toda a diferença tanto para o motorista, quanto para os demais passageiros (além de poder ajudar a vender o carro mais rapidamente).

É essencial conhecer alguns processos para entender qual é a melhor hora de iniciar a limpeza. Algumas coisas funcionam como indicadores de que o sistema não está bem cuidado e isso pode causar problemas — como o consumo excessivo de combustível e a redução da eficiência do aparelho.

Portanto, vale prevenir e garantir uma higienização eficiente, antes mesmo da revisão do carro. Mas você sabe o que é preciso fazer? Continue a leitura e descubra como e quando fazer a limpeza do ar-condicionado!

Como fazer a higienização do ar-condicionado do carro

Se você decidir fazer a limpeza por conta própria, é preciso ter um pouco de entendimento sobre o funcionamento do seu carro. Para isso, faça uma leitura do manual do veículo, buscando compreender como é o funcionamento do sistema — até mesmo para que você possa acompanhar o trabalho, quando realizado em uma oficina, e se sentir mais seguro.

A manutenção deve ser preventiva

O procedimento de higienização e manutenção deve ser feito a cada 30 mil quilômetros rodados ou por tempo de uso. Dessa forma, será realizada uma manutenção preventiva, um hábito que reduz e evita potenciais falhas no sistema. Assim, os custos com esse cuidado são reduzidos, garantindo o resfriamento e a qualidade do ar.

Os cuidados variam de acordo com o tipo de ar-condicionado

Se engana quem pensa que todo ar-condicionado veicular tem funcionamento similar. Na verdade, existem diversos tipos, como o manual, o digital e o automático, que têm características diferentes e, portanto, necessidades particulares.

No caso dos modelos digitais ou automáticos, por exemplo, o funcionamento é mais complexo. Afinal, existem sensores que precisam estar em pleno funcionamento para que a temperatura seja estabilizada da maneira selecionada.

A higienização é importante para evitar a proliferação de ácaros e fungos

Em todos os casos, a troca do filtro de cabine do ar-condicionado é um hábito indispensável. Para quem utiliza o carro com frequência em grandes cidades, a atenção deve ser redobrada. Mas se o seu veículo enfrenta estradas de terra, tenha cuidado extra! Para evitar a proliferação de ácaros,  deve ser feito um cuidado ostensivo.

A aplicação de um higienizador é essencial

Em um carro zero ou seminovo, na prática, a manutenção do ar-condicionado segue alguns processos. Entre eles está o uso de um higienizador. O produto, que potencializa a limpeza, pode ser encontrado facilmente em lojas especializadas em acessórios para carro.

Normalmente, a aplicação do higienizador para limpeza de ar-condicionado acontece com o veículo ligado. Para aplicar, encaixe o higienizador na saída de ar central e faça a ativação. A partir disso, basta aguardar o tempo indicado na embalagem — podendo levar até meia hora. Ao final, o ar não apenas estará muito mais limpo, mas mais seguro para você e os demais passageiros.

Como identificar que o ar-condicionado precisa de uma limpeza

Mesmo que a limpeza do ar-condicionado esteja dentro do prazo indicado pelo fabricante, as condições de uso do veículo podem exigir que a higienização aconteça com maior frequência. Uma viagem de carro também pode pedir uma limpeza extra, para que o carro fique mais agradável.

Existem alguns sinais simples que indicam a hora de acionar a oficina mecânica, trocar o filtro ou utilizar um produto específico para a limpeza. Os indicadores são:

  • odores estranhos e cheiros incomuns;

  • grande concentração de poeira no habitáculo ou nas saídas de ar;

  • acúmulo de folhas tanto nos filtros, quanto nas entradas de ventilação;

  • o ar-condicionado do carro não esfria com eficiência.

Todos esses pontos merecem atenção, pois podem não apenas prejudicar o funcionamento do ar-condicionado automotivo, como impactar negativamente a saúde dos passageiros e o desempenho do carro.

Como manter o ar-condicionado limpo e funcionando bem por mais tempo

Para prolongar o tempo de uso com qualidade do ar-condicionado do seu carro, é interessante seguir algumas boas práticas. Seguindo as dicas a seguir, seu aparelho continuará limpo por mais tempo — o que pode evitar gastos com manutenção corretiva.

Utilize produtos certificados

Na hora de trocar o filtro ou aplicar um higienizador para a limpeza do ar-condicionado, dê preferência para marcas conhecidas no mercado. Acompanhar a procedência dos produtos utilizados em todo o veículo é algo básico.

Faça a limpeza em locais autorizados

A sua oficina de confiança ou uma autorizada deve ser o local para a realização da limpeza do ar-condicionado do veículo. Por mais que seja um processo relativamente simples, é algo que requer um conhecimento prévio.

Deixe apenas a ventilação ligada antes de desligar o veículo

Antes de chegar ao seu destino, desative o ar-condicionado do veículo e, só então, desligue o carro. Dessa forma, você evitará a propagação de fungos no interior dos dutos do sistema. Para aqueles que têm problemas respiratórios, isso é algo essencial.

Evite ligar o ar-condicionado com o carro muito quente

Para que não ocorra consumo excessivo de combustível e para preservar o sistema, evite ligar o ar-condicionado quando o carro tiver ficado parado sob o sol forte por muito tempo. O ideal é ligar o veículo, abrir as janelas, aguardar alguns minutos para haver circulação e, só então, acionar o resfriamento.

Utilize o ar-condicionado do carro durante o inverno

Mesmo no inverno, não deixe de acionar o ar-condicionado veicular ao menos por alguns instantes. O uso por dois minutos, por exemplo, é suficiente para fazer com que o sistema fique lubrificado com um óleo anticorrosivo, próprio do equipamento.

Ainda que este ponto não conste na vistoria veicular, a limpeza do ar-condicionado deve ser feita com frequência. E, como você viu, existem alguns cuidados essenciais para que a manutenção aconteça de forma mais pontual. Isso contribui tanto para a longevidade do sistema, quanto para a qualidade do ar no interior do carro.

Gostou de saber mais sobre a limpeza do ar-condicionado do carro? Que tal compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais? Assim, seus amigos também saberão como fazer a manutenção correta do aparelho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *