O que é a carta de crédito e como ela funciona?

Planejar a compra de um bem é essencial, é importante saber o que é uma carta de crédito: o documento financeiro que permite adquirir o objeto ou contratar um serviço quando sua cota for contemplada.

Basicamente, o consórcio consiste em um autofinanciamento em que diferentes pessoas se reúnem em torno do mesmo objetivo. Ele pode ser a compra de um carro, uma moto, um caminhão, um imóvel, uma máquina pesada e até de um serviço, como um tratamento cirúrgico ou uma viagem.

O que é a carta de crédito?

A carta de crédito é um documento ou um título financeiro entregue ao consorciado, assim que sua cota é contemplada. Por meio dela, você adquire o bem ou o serviço desejado, de acordo com o grupo escolhido.

É importante lembrar que, na hora de fazer um consórcio, você escolhe um grupo e passa a ser proprietário de uma cota. Ela terá um valor específico, relacionado à carta de crédito, que permitirá a compra do bem. 

Funciona assim: todos os meses é realizado um sorteio e os lances são verificados, conforme os termos do consórcio. Os proprietários das cotas que ganham os certames recebem a carta de crédito e, com ela, vão até o local de comercialização do bem ou serviço, escolhem o que desejam e informam a administradora.

A administradora é responsável por fazer a intermediação e pagar o valor total do bem ou serviço, de acordo com a carta de crédito. Assim, o pagamento do item é feito como na modalidade à vista. Isso traz mais benefícios, já que você tem poder de negociação.

Como funciona a carta e sua contemplação?

Para entender como funciona a carta de crédito, vale a pena fazer uma simulação. A seguir, apresentaremos algumas alternativas com base no site da Bamaq Consórcio.

Imagine que a sua intenção seja comprar um imóvel e você escolhe uma carta de crédito que vale de R$ 123.600 a R$ 24.200.000. Nesse caso, você pode escolher diferentes valores mensais. Com parcelas a partir de R$ 683,50, é possível obter uma carta de R$ 123.600. Se for de R$  797,43 a carta de crédito passa a valer R$ 144.200,00.

Por outro lado, se a parcela for acima de R$ 1.000, você tem a chance de escolher uma carta de crédito de R$ 185,400.000, com parcelas de R$ 1025,26; de R$ 236.900,00, com pagamentos mensais de R$ 1.310,06; e de R$ 247.200,00, com prestações de R$ 1.367,02.

Perceba que o valor do bem adquirido pode ser até maior que o da carta de crédito. Nesse caso, você paga a diferença à vista ou por financiamento, conforme negociação com o credor. A mesma prerrogativa é válida para outros bens.

A escolha do valor deve ser condizente com a sua renda mensal. Assim, você garante todos os pagamentos em dia e evita a inadimplência. Caso fique com alguma parcela atrasada, perderá o direito de participar dos sorteios e dos lances. Portanto, não poderá fazer parte da contemplação do consórcio.

Existe, ainda, a carta de crédito contemplada. Ela consiste no documento que já pode ser usado para a compra do bem ou do serviço. Apesar disso, sua venda é desaconselhável, uma vez que a titularidade não pode ser alterada. Com isso, há uma chance maior de você ser vítima de um golpe.

Vantagens da carta de crédito

Com o entendimento do que é a carta de crédito, fica mais fácil compreender seus benefícios. Vários pontos precisam ser considerados, como os que listamos a seguir.

Segurança

Para usar a carta de crédito, é necessário ser o solicitante. Com isso, você tem o controle total do quanto receberá e não é permitido que outra pessoa utilize o documento. Além disso, por não ser uma transferência bancária, não há incidências de taxas nem de impostos. Então, não há chance de você perder dinheiro.

Garantia do poder de compra

Ao aprender o que é a carta de crédito, você tem certeza de que conseguirá comprar o bem ou o serviço esperado. O montante é atualizado de acordo com alguns índices e, assim, você assegura a manutenção do seu poder de compra e pode usar a carta de crédito sem se preocupar com a perda de dinheiro.

Facilidade no processo de negociação

Com a carta de crédito, você tem a chance de negociar a compra do bem, já que ele será pago como na modalidade à vista. Dessa forma, você pode conseguir benefícios, como um acessório extra no veículo ou um desconto maior na negociação.

Ausência de entrada

No consórcio, você participa da cota sem precisar fazer investimentos extras. É desnecessário pagar uma entrada, somente o valor da parcela mensal. Desse modo, o valor do documento financeiro é utilizado totalmente para um propósito.

Prazo para usar a carta após a contemplação

Para utilizar a carta de crédito, você precisa ser contemplado em um sorteio ou lance. Além disso, é necessário aguardar o processo de aprovação da liberação do documento. Depois, há um período entre 90 e 180 dias — tudo depende da administradora.

O prazo é definido para proteger o grupo do consórcio e a própria administradora. Assim, é feita a análise de situação financeira e cadastral, para garantir que não haverá problemas e que um processo efetivo seja executado.

O que acontece se você ultrapassar esse limite? Ainda terá direito ao crédito, mas é provável que tenha que passar por uma nova análise, a fim de entregar os documentos necessários novamente.

Agora você já sabe o que é a carta de crédito e entende para que ela existe e como utilizá-la, certo? Basta seguir as regras e garantir que todas elas sejam cumpridas. Dessa forma, você tem acesso ao bem ou ao serviço desejado sem imprevistos.

Além disso, vale a pena saber mais sobre a operação. Então, que tal baixar um guia prático? Veja tudo que você precisa saber antes de entrar em um consórcio e garanta uma operação condizente com as suas necessidades!

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.