O que é preciso para se tornar um motorista de fretados?

Muitos brasileiros têm procurado opções para complementar a renda e conquistar independência financeira, principalmente em épocas de crise. Tornar-se motorista de fretados é uma ótima opção de negócio, tanto para quem quer se dedicar integralmente quanto para quem procura um salário extra aos fins de semana.

Nesse ramo, é possível trabalhar com viagens eventuais, levando grupos para atividades de turismo e entretenimento, ou contínuas, conduzindo alunos para as escolas ou funcionários para uma empresa, por exemplo. Esse meio de transporte traz muitas vantagens para quem utiliza e é um trabalho interessante para o profissional autônomo.

Quer saber o que é preciso para aproveitar os benefícios dessa atividade? Veja nossas dicas e comece seu próprio negócio!

Selecionar um nicho de mercado para atuar

A primeira decisão que você vai tomar antes de iniciar o seu empreendimento é a área de atuação dele. Como falamos, existem muitas opções no trabalho como motorista de fretados. Você pode atuar em viagens turísticas, rotas corporativas, van escolar, transporte para shows e eventos culturais etc.

Se a sua ideia é se dedicar diariamente ao negócio, fazer o deslocamento dos funcionários de uma empresa ou trabalhar com transporte escolar são boas opções. Em cidades turísticas, é possível também fechar contratos com empresas de turismo e realizar rotas durante a semana.

Caso você esteja buscando apenas uma renda extra aos finais de semana, disponibilizar seu veículo para transportar grupos que vão a shows em municípios próximos é uma ótima opção. Quando há congressos ou eventos culturais na cidade também é comum que alguns participantes prefiram se deslocar com fretados.

Fazer um consórcio para compra do veículo

A melhor maneira de começar o próprio negócio é estar livre de dívidas, certo? Para comprar um veículo e atuar como motorista de fretados, a melhor opção é, sem dúvida, o consórcio. Com ele você realiza uma compra planejada, paga parcelas que cabem no bolso e se livra dos juros altos que os bancos estão cobrando.

Não vale a pena pegar empréstimos ou financiamentos para iniciar o negócio, pois fazendo um investimento alto você vai demorar mais para ter retorno financeiro e começar a lucrar. O melhor é organizar suas finanças e comprar o veículo com economia. Se você já tem um valor guardado, ele pode ser usado para dar o lance e antecipar sua carta de crédito do consórcio.

Escolher um modelo econômico

Para continuar a economia, também é essencial comprar um veículo que exija menos gastos. Comece definindo como será o seu negócio e pesquisando o melhor modelo para atender as necessidades dos clientes (uma van para transportar grupos para shows, um micro-ônibus para levar funcionários de uma empresa etc.).

Depois disso, avalie as opções disponíveis e procure a marca que tem a melhor relação custo-benefício. Ao analisar a questão da economia, lembre-se de que não deve considerar só o preço de venda, mas também o valor do seguro e dos impostos, as necessidades de manutenção e o preço das peças para reposição.

Um fator que merece destaque nessa equação é o consumo de combustível, principalmente com os constantes aumentos no preço da gasolina. Como você vai usar o veículo para trabalhar, boa parte dos seus ganhos vai ser deixada no posto de combustível. Assim, comprar um modelo econômico diminui os custos e aumenta o lucro do seu negócio.

Mas, ao comprar um veículo para trabalho, é importante não pensar apenas nos gastos. Avalie os benefícios que cada marca oferece e veja se eles valem o preço. Pagar um pouco mais caro e levar para casa um veículo que vai agregar mais valor ao seu negócio, por exemplo, pode ser a melhor escolha.

Uma grande decisão que você vai precisar fazer é entre comprar um veículo zero ou seminovo. Cada opção tem suas vantagens e desvantagens, fazer a melhor escolha depende do que você precisa e de quanto pode investir nessa aquisição. O mais importante é se certificar de que o modelo escolhido está em boas condições, além de sempre realizar as manutenções preventivas corretamente.

Adequar-se à legislação

Para trabalhar como motorista de fretados é indispensável cumprir as regulamentações dos órgãos de trânsito brasileiros. Os requisitos básicos são: ter mais de 21 anos e ser habilitado na categoria D, que permite dirigir veículos que comportam a partir de oito passageiros.

O veículo utilizado não pode ter mais do que 15 anos, no caso de ônibus, e 10 anos, para micro-ônibus e vans. É preciso seguir as normas de segurança e contratar um seguro que tenha cobertura para os passageiros. O veículo também deve ser adaptado para acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida.

Além disso, você precisa obter autorização junto à secretaria de transporte do seu município. Cada prefeitura tem liberdade para lançar outras normas e fazer suas próprias exigências, por isso, pesquise quais são as condições necessárias para fazer se cadastrar na sua cidade.

Prestar bom atendimento

Depois de entrar no mercado e começar a trabalhar, é essencial garantir a qualidade do serviço e fidelizar os clientes. Você será o dono do seu próprio negócio, então é sua responsabilidade manter a satisfação dos usuários e consolidar seu nome no mercado de fretados.

Para o sucesso do seu trabalho e o aumento dos lucros, as pessoas precisam gostar do atendimento e continuar a contratar seus serviços. Por isso, preze por atender a todos com cordialidade e compromisso. Seja sempre pontual, mantenha seu veículo em ótimas condições de uso e dirija com segurança.

Profissionalizar-se sempre

Em qualquer área, mostrar esforço é essencial. Os seus clientes precisam ter a certeza de que você se interessa em tornar o serviço sempre melhor e mais profissional. Realizar cursos de direção defensiva e primeiros socorros, por exemplo, valoriza o seu currículo e demonstra responsabilidade com o trabalho.

Conhecer as necessidades dos clientes e procurar formas de atendê-los melhor também é uma maneira de consolidar seu nome no mercado. Oferecer opções para facilitar o pagamento é um bom exemplo. Além disso, você pode pensar em diferenciais que aumentem a satisfação do cliente, como trilha sonora personalizada ou internet Wi-Fi no veículo.

Seguindo essas dicas, você consegue abrir o seu próprio negócio e atuar como motorista de fretados. Para se dar bem nessa área e ter um bom retorno financeiro, dedique-se bastante e garanta uma experiência segura e confortável para os usuários do serviço.

Que tal receber mais dicas sobre negócios e saúde financeira? Siga nossos perfis nas redes sociais: Facebook e Twitter.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *