Conheça 4 principais tipos de consórcio e saiba como escolher

Existem diversos tipos de consórcio, cada um deles com suas particularidades. A modalidade de crédito pode ser utilizada tanto para aquisição de bens duráveis quanto para a compra de serviços. Então, antes de escolher um consórcio, é necessário conhecer todas as características para saber qual é a melhor opção de investimento.

O consórcio oferece muitas vantagens, pois permite comprar um bem — imóvel ou carro — sem pagar taxas absurdas, como aquelas cobradas por bancos e financeiras. Se você pensa em adquirir uma carta de crédito e quer entender quais os principais tipos de consórcio, continue a leitura deste post.

Nele, trouxemos informações importantes fornecidas por Lucas Caldas, Coordenador Inside Sales da Bamaq Consórcio. Além de explicar como funciona o consórcio, o profissional ainda fala sobre os tipos existentes no mercado e tira outras dúvidas importantes sobre o assunto.

Consórcio: o que é e como funciona

De acordo com Lucas, o consórcio é um meio de adquirir um bem sem pagar juros. Isso porque o cliente adquire um plano de determinado valor e entra com um número de cotas de um valor pré-determinado. Então, o crédito é dividido entre todos os membros do grupo e parcelado por meses suficientes para que todas recebam o valor integral da carta de crédito.

Os consorciados devem pagar as parcelas todo mês — na data de vencimento estabelecida pela administradora de consórcio. O momento mais esperado de todos é a contemplação, quando o consorciado recebe a carta de crédito no valor contratado para realizar a compra do bem que deseja.

As contemplações ocorrem em assembleias mensais e são realizadas de duas formas: lance ou sorteio. Para concorrer ao lance, é preciso ofertar um valor em dinheiro, e quem oferece uma quantia maior tem direito a receber a carta de crédito.

Mesmo depois de contemplado, o consorciado deve continuar pagando as parcelas até o encerramento do contrato. Caso contrário, a administradora toma as medidas cabíveis, previstas em lei em situações de inadimplência.

Vantagens do consórcio

Lucas afirma que quem compra carro, imóvel ou qualquer outro produto ou serviço financiado paga juros tão altos que o valor do bem sai praticamente pelo dobro do preço real. Imagine recorrer ao crédito bancário para financiar um apartamento no valor de R$ 200.000,00 e pagar essa mesma quantia somente de juros?

Além disso, ao comprar um bem financiado, você não consegue decidir o valor das parcelas. Já com um consórcio, escolhe uma parcela que esteja de acordo com sua situação financeira e, caso você queira, pode aumentar ou diminuir o valor de sua carta de crédito.

Ademais, com a carta de crédito em mãos, você tem poder de barganha, pois consegue reunir o valor para a compra do bem à vista ou, no caso de imóveis, pelo menos para dar uma boa entrada.

Outro ponto positivo, é a flexibilidade, já é possível vender sua participação para terceiros e, até mesmo, desistir. Ao final do contrato, pode receber o valor que foi pago com correção.

Desvantagens do consórcio

Como em qualquer modalidade de financiamento, todos os tipos de consórcio oferecem desvantagens. A principal delas está em pagar por um bem ou serviço por um bom tempo antes de usufruir. Por isso, é importante fazer um bom planejamento antes de entrar em um grupo.

Além disso, você só tem acesso ao dinheiro vivo após o término do contrato.

Tipos de consórcio

Hoje em dia, existem diversos tipos de consórcio, desde os mais tradicionais, para compra de carros e imóveis, quanto aqueles que são voltados para serviços e viagem. A seguir, vamos explicar os modelos existentes no mercado e as diferenças entre eles.

1. Consórcio de imóveis

O consórcio de imóveis é um dos modelos mais tradicionais do mercado. O crédito permite comprar casas, apartamentos, salas comerciais, terrenos e ,até mesmo, reformar seu imóvel. A vantagem de escolher essa modalidade é que não há necessidade de dar uma entrada.

Outro ponto positivo é que quem deseja comprar uma casa pode utilizar os recursos do FGTS para dar lance, amortizar o valor das parcelas ou quitar o consórcio.

2. Consórcio de automóveis

O consórcio de automotores comtempla motos e carros de diversos valores. Então, você pode comprar um carro usado ou um modelo novo — depende de suas condições e de quanto você quer investir em um veículo.

No caso de motos você pode adquirir desde uma moto mais simples até um modelo mais esportivo e moderno. A vantagem é que, nas duas modalidades, você adquire um automóvel novo e pode negociar preços, já que terá o valor integral em mãos.

3. Consórcio de caminhões, vans, ônibus ou máquinas

Ao contrário do que muitos pensam, o consórcio não é voltado apenas para carros e motos. Veículos grandes como caminhões, ônibus e máquinas agrícolas ou para serem utilizadas na construção civil podem ser adquiridas por meio de consórcio.

Essa é uma excelente opção para quem deseja aumentar a frota da empresa ou empreender, mas não quer recorrer a um financiamento bancário e pagar juros altos.

4. Consórcio de serviços

O setor de consórcio é tão bem aceito que já existem opções de serviços, inclusive estéticos. Você pode financiar uma cirurgia plástica ou procedimento não invasivo e pagar parcelas mensais que cabem no seu bolso. Ainda existem outras modalidades para pagar estudos, casamento, viagens nacionais e internacionais, entre outros.

O prazo de pagamento e valor das parcelas depende do preço do bem a ser contratado, do número de pessoas no grupo e do tempo de vigência do contrato. Como os outros tipos de consórcio, quem quer usar a carta de crédito para um serviço pode ser contemplado por sorteio ou lance.

Utilização

A melhor maneira de desfrutar do consórcio é fazer um bom planejamento financeiro. É importante lembrar que entrar no grupo não garante que você será contemplado logo no início; então, existe a possibilidade de receber sua carta de crédito apenas no fim do contrato.

Mesmo que você dê um lance e receba seu crédito nos primeiros meses, ter um planejamento para a realização do sonho é fundamental. Então, analise suas condições financeiras para arcar com as parcelas do bem que você deseja.

Se o consorciado conhecer bem as características de cada tipo de consórcio, além das regras dos grupos vigentes, será possível conquistar o bem sem surpresas. Dessa forma, você pode trocar seu carro, moto, comprar uma frota de veículos para sua empresa ou fazer aquela tão sonhada viagem.

Vale lembrar que você não recebe o valor da carta em dinheiro, mas um crédito a ser utilizado na compra do bem ou serviço desejado. Por isso é importante fazer um planejamento, pois você pode ter outros gastos que o consórcio não cobre.

Além disso, é importante ressaltar que o consórcio só pode ser utilizado para a compra de um bem do mesmo segmento. Então, se você entrou em um grupo para adquirir um imóvel, não será possível usar a carta de crédito para aquisição de carros ou máquinas, por exemplo.

Perfil para cada tipo de consórcio

Apesar de existirem vários tipos de consórcio, não há um perfil específico para cada cliente. O que ocorre é que as pessoas têm situações e objetivos diferentes. Sendo assim, um empreendedor que deseja aumentar sua frota de veículos deve procurar uma opção mais adequada para alcançar sua meta.

No entanto, é importante que você entenda que planejar é melhor do que pagar juros. Isso porque, se houver atrasos nas parcelas, há incidência de juros e multas e você ainda fica de fora dos sorteios, o que atrasa o recebimento de sua carta de crédito.

Além disso, não existe data certa para receber a carta de crédito, mas a certeza de que a contemplação será feita ao final do contrato de forma segura. Então, se você deseja comprar um imóvel, tenha certeza de que poderá honrar todas as parcelas até o fim.

Cota, lance e contemplação

Apesar de estes termos serem comuns, é normal que pessoas que desejam entrar em um consórcio tenham dúvidas sobre o que é cota, lance e contemplação. Bom, o Lucas Caldas deu uma explicação sucinta sobre eles.

Cota

De acordo com o Lucas, uma cota de consórcio representa uma parte de determinado grupo. Ela é um número de identificação de cada cliente, que representa você em meio aos outros membro de associados. Cada pessoa do grupo tem os mesmos direitos e responsabilidades. Além disso, cada consorciado é dono de uma parcela desse grupo.

Lance

O lance nada mais é que uma espécie de “antecipação” do saldo devedor em relação à carta de crédito contratada. Quando você oferece um valor para lance, aumenta suas chances de ser contemplado mais rápido. No entanto, ganha o direito de ter a carta sem sorteio quem oferece um valor mais alto.

Caso você não consiga oferecer a oferta maior em um mês, pode tentar em outro. Há também o lance fixo, que corresponde a 10% do crédito. Leva a cota quem tiver oferecido um valor que esteja mais próximo da que foi sorteada na assembleia.

Contemplação

A contemplação é a liberação do valor total da carta de crédito para a compra do bem ou serviço desejado. O consorciado é contemplado por meio de lance ou sorteio e recebe um documento no valor da cota que foi adquirida pelo grupo.

Escolha do tipo ideal

De acordo com Lucas, para escolher o melhor tipo de consórcio, é necessário saber o que você precisa, em primeiro lugar. É um carro? Uma casa? Um estabelecimento comercial? Vai se casar daqui a alguns anos e está com medo de não ter dinheiro para a cerimônia e para a festa?

Depois de descobrir sua real necessidade, é hora de pesquisar o valor do bem ou serviço desejado. Dessa forma, você consegue estabelecer um orçamento ideal para o pagamento mensal. Ademais, você precisa ter claro em mente qual o prazo para a realização de seu sonho.

Partindo do ponto de que não há data certa para a contemplação e você não terá condições de dar um lance, o ideal é entrar em um grupo com prazo equivalente ao qual você quer realizar eu desejo. Mesmo que você queira antecipar parcelas e dar lance, é importante saber quando poderá quitar seu consórcio ou oferecer uma oferta suficiente para ser contemplado.

Importância de uma administradora de consórcio

Lucas Caldas afirma que a administradora é responsável pela formação e gestão dos grupos de consórcio, desde o início até o fim do processo. É ela que vai cuidar dos interesses de cada um dos consorciados. A empresa também é responsável pelas assembleias mensais, dando condições para que as contemplações aconteçam de forma organizada e segura.

O profissional frisa que, dentro de uma administradora, há consultores prontos para atender e ajudar os clientes a encontrar um produto adequado às suas necessidades, mas dentro de sua realidade financeira. Lucas diz ainda que é importante confiar no profissional, pois ele, mais do que ninguém, vai saber direcionar o cliente para a melhor solução no seu planejamento de compra.

Mais importante do que entender quais são os tipos de consórcio disponíveis no mercado é contar com uma empresa séria e competente na hora de contratar uma carta de crédito. Por isso, antes de fechar contrato, pesquise sobre a administradora e procure saber se ela está regulamentada e há quantos anos atua no mercado.

Gostou do post e quer conhecer os produtos da Bamaq? Acesse o site agora mesmo e confira nossas opções!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.